Acidentes de moto podem causar danos à coluna









Andamos vendo um aumento do número de acidentes de moto em todo o país.

Geralmente essas vítimas são, em geral, politraumatizadas, ou seja, com múltiplos traumatismos, mais comuns em pernas, antebraços e punhos. Quando não há comprometimento neurológico, a recuperação total pode chegar a um ano de duração.

Porém, ainda que, mesmo após acidentes sem fraturas nessa região do corpo, a mesma poderá desenvolver instabilidades em algum momento da vida, sobretudo pelas lesões em ligamentos. É o caso, por exemplo, das Hérnias de Disco Pós Traumáticas, na qual parte do disco intervertebral sai de uma posição normal até comprimir raízes nervosas.

O não uso do capacete agrava as lesões ocorridas nos acidentes com motocicletas. O mesmo tem a função principal de proteger o crânio do impacto direto e, secundariamente, a de zelar pela coluna cervical. Outras medidas que contribuem para reduzir os números de acidentes com motos, como direção defensiva, o ato de sinalizar sempre que for mudar de direção e não exceder o limite de velocidade da via.

É preciso ficar atento (a) parra que essas hérnias que podem aparecer não prejudiquem a qualidade de vida de quem sofreu o acidente.

COMENTE ESSE POST

Compartilhe no Google +

0 comentários: