Quando suspeitar de Espondilite Anquilosante e não Hérnia de Disco








A espondilite anquilosante é uma doença reumatológica crônica que causa inflamação na coluna vertebral e nas articulações que ligam o final da coluna aos ossos da bacia, afetando principalmente os quadris e ombro e nos casos mais graves deixando o paciente com o aspecto curvado. O principal sintoma da espondilite anquilosante é uma dor persistente, por mais de três meses. Pode começar com uma simples dor nas costas ou nas nádegas e evoluir, chegando a causar dificuldades para a pessoa se movimentar.

Pessoas que sentem muitas dores nas costas podem prestar atenção a alguns sintomas. O ritmo da dor é uma das dicas. Em geral, a dor piora após longos períodos de repouso ou à noite e melhora com o exercício. Além disso, o despertar pode ser mais problemático, com rigidez matinal superior a 30 minutos, além de quadros de rigidez após períodos sem movimento.

Dores que começam antes dos 40 anos

Dores que persistem por mais de três meses (crônicas), iniciam de forma leve e vão piorando com o tempo;

Aparecimento de manifestações nas articulações

Queixas que envolvem olhos, intestinos ou pele;

História familiar de dor nas costas e espondilite.

COMENTE ESSE POST

Compartilhe no Google +

0 comentários: