Hernia de disco lombar: causas e localização







http://www.dicasdetreino.com.br/wp-content/uploads/2013/05/h%C3%A9rnia_de_disco_lombar.jpg

Hérnia de disco é um termo coletivo que descreve o processo de ruptura do anel fibroso, com subsequente deslocamento da massa central do disco nos espaços intervertebrais, podendo ser dorsal ou dorso-lateral a este disco.

É considerada uma afecção extremamente comum, causando dor lombar e ciática,  levando à incapacidade em seus portadores.Estima-se que 30 a 40% da população possuam hérnia de disco assintomática, e que 2% a 3 % desta população sofram de seus sintomas, prevalecendo 80% dos casos em homens, na faixa etária de 30 a 50 anos, porém em menor proporção pode acometer mulheres, adolescentes, velhos e na minoria crianças.

O aparecimento da hérnia de disco pode ter como fatores alterações posturais, musculares, ambientais, genéticas, e as atividades diárias e ocupacionais do pacientes.

Entre as causas de lombociatalgia mecânica, certamente amais frequente é a hérnia de disco. As manifestações clínicas da mesma podem ser lombalgia, lombociatalgia e síndrome da cauda equina.A queixa de dor intensa se dá pela herniação e degeneração do disco intervertebral, por estenose do canal espinhal, e também pela compressão mecânica e inflamações ao redor do disco ede raiz nervosa.

Quanto à localização, a hérnia de disco pode ser:

1) mediana,que geralmente se manifesta por lombalgia aguda, eventualmente com irradiação;

2) hérnia centro lateral, que pode comprometera raiz transeunte ou a raiz emergente;

3) hérnia foraminal,que compromete a raiz emergente;

4) hérnia extremolateral ou extraforaminal, que compromete a raiz superior, poiso trajeto das raízes lombares é oblíquo.

Por isso, é de extrema importância correlacionar os achados de imagem com os dados clínicos, para a correta localização da hérnia.

O tratamento conservador da hérnia de disco tem como objetivos o alivio da dor, o aumento da capacidade funcional e o retardamento da progressão da doença

COMENTE ESSE POST

Compartilhe no Google +

0 comentários: