Curta e Siga


Exames para diagnosticar a Hérnia de Disco Lombar




Hérnia de disco, o que causa a hérnia de disco, tipos de hérnia de disco, coluna vertebral

Hérnia de disco é a lesão nos discos intervertebrais que estão localizados entre as vértebras cervicais, torácicas e lombares. Ela ocorre com mais frequência na região lombar e a localização mais comum fica entre a quarta e quinta vértebra lombar (L4/L5) ou no disco que fica entre a quinta vértebra e o sacro (L5/S1).

O diagnóstico deve ser realizado com base no histórico clínico, exame físico e exames de imagem.

Inicialmente, em casos agudos, o diagnóstico pode ser feito puramente de forma clínica, observando o quadro do paciente sem necessidade de exames complementares.

Caso os sintomas persistam ou piorem, nos casos crônicos ou sinais de alarme (trauma, febre, dor noturna e etc.), deve-se solicitar exames de imagem.

Exames

  • Radiografia: primeiro exame na investigação das diversas patologias da coluna lombar, proporcionando uma boa visão da anatomia da coluna e alterações degenerativas como alterações das facetas articulares e deformidades. Também pode ser realizado radiografias dinâmicas proporcionando uma avaliação da estabilidade entre os segmentos vertebrais.
  • Ressonância magnética lombar: Permite uma boa visão do disco, mostrando com clareza a hérnia de disco e a compressão das estruturas nervosas. Também demonstra alterações iniciais degenerativas do e protusões discais.
Radiografias simples não mostram a hérnia de disco em si, mas mostram alterações que podem sugerir a presença de um disco herniado. O raio-x pode revelar alterações da coluna que são compatíveis com doença degenerativa discal, como osteófitos, diminuição do espaço intervertebral, translações do corpo vertebral, hipertrofia de facetas e desalinhamentos sagitais.

A ressonância magnética é o melhor exame de escolha para o diagnóstico de hérnia de disco, por ser superior à tomografia computadorizada. Entre as inúmeras vantagens da ressonância magnética, pode-se destacar: ausência de radiação ionizante, visão clara do cone medular, visão clara do forame intervertebral, fácil distinção entre infecção, tumor, hérnia, fibrose e etc. e ainda apresenta a possibilidade do uso do contraste.

DICA PARA PROFISSIONAIS:

Tenha grandes resultados como tratamento de Fisioterapia na Hérnia de Disco Lombar. Esse curso é sensacional. Saiba mais sobre o Curso Aprenda a Tratar Lombalgias.


Dicas para Profissionais:
  • Programa de Certificação Completa Excelência em Coluna
  • Curso - Aprenda a tratar Lombalgias
  • Curso - Aprenda a tratar Cervicalgias com Terapia Manual

  • Nos Siga nas Redes Sociais: Twitter, Facebook, Instagram, Youtube . Adicione no grupo do Whatsapp

    Deixe seu comentário e nos marque(@Sua Saúde) pra gente ver:

    Nenhum comentário